kaiunionbrasil.com / fanbase brasileira dedicada a kim jongin

NAVER – Kai: “Estou feliz nesse momento em que posso dançar, cantar e atuar”

 

+720, -33 | Você é bonito e legal todos os dias! Eu te amo Jongin-Ah!
+684, -26 | Eu estou tão grato de estar com o Jongin nesses dias abençoados
+672, -29 | Jongin-Ah! Eu estou feliz em ver o Kai dançando, cantando e atuando
+615, -29 | Jongin-Ah!!! Eu te amo!!!
+588, -26 | Vamos todos ser felizes!!
+145, -8 | Eu apoio você, Kai do Exo!!
+144, -7 | Por poder assistir o Kai dançar, cantar e atuar, eu estou feliz também.
+134, -6 | O Kai é muito legal!!
+122, -5 | Ele é muito bom em editoriais ㅠㅠㅠㅜ Tão bonito ㅠㅠㅠ Kai ㅠㅠㅠ


Trad. ING: netzonexo

Trad. PT-BR: Reila @ Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos!

A primeira transmissão de “Miracle That We Met”, Kim Myung Min x Ko Chang Seok, Kai mudou seus destinos por engano!

 

+2817, -124 | Kim Myung Min, Kim Hyun Joo, Ra Miran e Ko Chang Seok são atores tão exuberantes! Ninguém deixa a desejar em atuação, até Kai é bom. Esse dorama será incrível
+2575, -340 | O dorama foi muito divertido, a atuação de Kim Myung Min foi muito boa quando ele ficou nervoso ㅠㅠㅠㅠ Além disso, a cena em que Kai muda o destino? Eu fiquei surpreso(a) com o quão lindo ele é ㅋㅋ Era o rosto de um deus..?
+1993, -26 | ㅋㅋㅋㅋㅋ Kim Won Hae apareceu apenas um pouco mas ele foi tão divertido ㅋㅋㅋㅋㅋ
+1920,-44 | A cena da ressureição foi tão engraçada ㅋㅋㅋㅋㅋ
+1604, -49 | O nascimento de um dorama incrível
+642, -44 | O final foi tão engraçado ㅋㅋㅋㅋㅋ Sério, Kim Myung Min é tão bom atuando ㅋㅋㅋㅋㅋㅋㅋㅋ As expressões de surpresa nos rostos da família foram muito engraçadas, e quando Kai apareceu eu pensei que ele era Deus…Ele é realmente bonito
+584, -36 | Kim Hyun Joo é linda e Kai é um Deus
+915, -96 | Eu fiquei surpreso(a) quando Kai do EXO apareceu, ele é tão lindo
+556, -79 | Kai do EXO é tão lindo, eu tive um ataque cardíaco…
+501, – 45 | A história foi realmente engraçada!!!! Eu fiquei muito(a) curioso(a) após o final do episódio 1 ㅋㅋㅋ Além disso, estarei ansiosa pela atuação de KAI como Ato no futuro
+475, -54 | Foi divertido, eu não sabia que KAI aparecia, mas quando ele apareceu eu fiquei surpreso(a) com o quão lindo ele é
+417, -57 | Eu tive um ataque cardíaco quando ele apareceu ㅠ Tão bonito ㅠㅠ Sério, Kai é um Deus!!
+386, -40 | Ato foi tão bom… Eu tive um ataque cardíaco..
+321, -7 | Hul Ra Mira e Ko Chang Seok tiveram a melhor química entre os casais, mas esse foi o fim!!


Trad. ING: positivejongin

Trad. PT-BR: Mandy @ Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos!

P: Vi que sua sessão de fotos foi ótima. Você é um Ás dos editoriais. Sabia que esse ‘título’ existia?
Kai: (Risos) Não. Eu não sabia. Só gosto de tirar fotos. Aproveito as sessões de fotos e fazer isso com uma boa equipe de staffs apenas traz bons resultados e aproveito isso também.

 

P: Você é talentoso na dança. Penso que seria mais difícil pra você posar em posições estáticas pra tirar fotos.
Kai: É natural se movimentar dançando no palco enquanto tiram fotos nossas. Não penso nos editoriais como ficar apenas ‘posando’ para fotos, ao invés disso penso que é como os movimentos que realizo enquanto danço. Desse jeito não se torna difícil.

 

P: E como é o resultado? É satisfatório?
Kai: Eu gostei de todos eles. Sou inundado pelo sentimento/sensação de cada sessão todas as vezes.

 

P: Como tem estado ultimamente? O drama da KBS1 <Andante> está no ar atualmente.
Kai: Ah! Sou o Kai do EXO que interpreta o Shikyung em Andante. (Se curva e ri) Já que é um drama pré-produzido, as filmagens terminaram há muito tempo atrás. Recentemente, as atividades (de promoção) do álbum do EXO foram encerradas e atualmente estamos nos preparando para uma nova turnê. Vai começar no dia 24 de novembro. Até essa entrevista ser publicada, os concertos já terão terminado (de abertura da nova turnê do EXO).

 

P: Agora que você já tentou atuar, como é a sensação?
Kai: Já tinha experimentado atuar em webdramas por uma ou duas ocasiões, mas essa é a primeira vez que filmei para um drama como papel principal. Estava nervoso e me sentia pressionado. Após fazer isso, a atmosfera no set de gravações se tornou completamente diferente. Percebi como era sortudo por estar junto de ótimas pessoas. Foi divertido e por termos uma boa resposta do público, estou orgulhoso também. Foi ao todo algo maravilhoso e memorável.

 

P: Não é apenas a sua primeira vez como protagonista, mas também sua primeira vez num drama de 16 episódios inteiramente transmitidos por uma emissora de TV.
Kai: Isso é verdade. É a primeira vez que interpreto um papel num drama de 16 episódios que possuem uma hora de duração cada e que também são transmitidos por uma emissora de TV. Como protagonista, ao invés de me sentir sobrecarregado, penso que é um desafio significativo. Durante as filmagens, não pensei em coisas assim e apenas me foquei em dar o meu melhor. Recebi elogios da mestre Kang Buja. E não faz muito tempo que recebi uma mensagem da sunbaenim Jeon Misun, me encorajando e dizendo “Espero que você se sinta orgulhoso e confiante”. Durante as gravações, a sunbaenim me tratou de forma muito calorosa e sou realmente grato por ela ter continuado a tomar conta de mim.

 

P: Já está na hora de você ter o desejo de atuar em certo trabalho ou interpretar certo personagem.
Kai: Há alguns muitos personagens que quero interpretar. Mas agora é apenas o começo. Não tenho muita experiência e ainda tenho muitas coisas para fazer. Se vocês me derem a oportunidade, quero trabalhar em qualquer projeto e em qualquer personagem. Já que dessa vez atuei como um estudante de colegial, que tal mostrar um lado mais maduro agora? Se tiver a oportunidade, quero tentar atuar em filmes também.

 

P: Então isso significa que no futuro iremos ver continuamente Kai como um ator?
Kai: (numa velocidade super sônica) Sim, sim, sim, sim. Isso com certeza. (Risos)

 

P: Como é o Kai ator?
Kai: Como um cantor, espero poder entregar as emoções e expressões bem ao público quando estou no palco. Como um ator, acho que é a mesma coisa. Me sinto feliz enquanto estou interpretando o personagem e ver a resposta do público ao me ver interpretando é algo que também me deixa contente. Atuar é realmente uma grande felicidade.

 

P: Mesmo após você se expressar, é possível que a direção que você quer tomar e a interpretação sejam diferentes, certo?
Kai: Não me sinto desapontado/arrependido quando isso acontece. Por exemplo, quando expresso tristeza numa atuação, uma pessoa pode pensar numa tristeza em particular, outra pessoa pode pensar em outra tristeza e outra pessoa pode pensar num momento que ficou triste e no final ficou feliz. Cada pensamento é diferente e é divertido ver esse tipo de coisa, enquanto reflito: “Ah, a interpretação é diferente”. Durante momentos assim, aprendo muito. Me faz querer expressar outras coisas. É divertido e fico feliz.

 

P: É bom que você pareça estar feliz. Espero que a sua felicidade possa ser compartilhada com os leitores através da <Big Issue>. Você sabe qual tipo de revista a <Big Issue> é?
Kai: Sei que é uma revista muito, muito boa. Pensar no sistema por si próprio não é fácil e compreendê-lo é ainda mais difícil. Penso que a <Big Issue> traz felicidade para muitas pessoas. Felicidade é importante. E a felicidade não o encontrará se você continuar ‘parado’. Se esforce para ser feliz e somente desse jeito você alcançará a felicidade. Eu passei por isso diretamente. Penso que a <Big Issue> cria pontos de apoio para muitas pessoas com o intuito que elas alcancem a felicidade. Um apoio que diga: “Ei, você também! Seja feliz agora!”. Penso que a <Big Issue> dá esse tipo de oportunidade. É por isso que é tão importante. Dar oportunidades por si só é muito importante e significativo.

 

P: Obrigado! Com a capa <da Big Issue> as vendas serão afetadas diretamente. Se as vendas subirem, a vida dos vendedores que estão sem moradia irão mudar. Na realidade, foi um próprio pedido deles que trouxéssemos o EXO para uma edição da revista. As fãs do EXO sempre compram anúncios para seus aniversários e a compra delas tem sido de grande ajuda.
Kai: Quando soube da <Big Issue>, imediatamente aceitei sem nem duvidar. Estou realmente feliz. Talvez por ser a primeira edição de dezembro da revista. Nasci no inverno. Espero que essa revista traga mais e mais calor à muitas pessoas neste inverno.

 

P: Viva ao (mansae) Kai!
Kai: Obrigado! (Risos) Na época que debutei, fazia muitos trabalhos voluntários. Ultimamente tenho andado tão ocupado então não tive muitas oportunidades pra fazer isso. Mas se a oportunidade vier, quero fazer muito isso no futuro. Não por pensar que é algo bom de se fazer, mas sim por fazer com um coração genuinamente feliz de ser uma ótima oportunidade com um ótimo propósito.

 

P: Esse sentimento genuíno irá resultar em dar calor a muitas pessoas.
Kai: Bom. Isso é realmente bom. A sessão de fotos de hoje também foi boa. Espero que muitas pessoas gostem.

 

P: A influência do EXO é global. Isso deve vir acompanhado de responsabilidades.
Kai: Cada membro de EXO contribui com sua própria fala. As fãs também são influenciadas e fazem tantas coisas boas. Penso que estamos juntos nisso. Penso que as fãs que gostam de mim, se assemelham a mim. Isso é bom. Do debut até agora, nunca mostrei uma imagem “montada” de mim mesmo por qualquer que seja o motivo. Sou do jeito que sou. Então uma pessoa boa irá influenciar para o bem e uma pessoa ruim para o mal? Vendo que as fãs estão fazendo tantas coisas boas, sou provavelmente (risos) uma pessoa boa, não é?

 

P: Você é realmente uma boa pessoa. Por sinal, já é o seu sexto ano de aniversário de debut. Lembro da entrevista em grupo feita na sala de espera do showcase do EXO. Qual a coisa mais memorável pra você?
Kai: Também me lembro dessa ocasião. Apesar de termos recebido daesangs e termos muitos bons momentos, acho que a época que mais me marcou foi a do debut. A época que me fez pensar: ‘bom trabalho por fazer isso’ foi a do debut. Naquele tempo, se não fosse divertido e ótimo estaria vivendo uma vida diferente agora. Até alguns anos atrás, receber um daesang era o principal assunto que vinha a minha mente, mas agora me lembro de coisas triviais ao invés disso. O kimbap que comia nos dias de debut, a lembrança de ir num evento no interior, o tempo que passava com os membros causado pelo misticismo que não nos deixou sair com tanta frequência do dormitório, o momento de prepararmos as músicas; penso aleatoriamente em coisas triviais assim.

 

P: Seu período como trainee foi de 5 anos. Não é por isso que o debut é mais memorável?
Kai: Concordo. Atualmente o Timoteo está no The Unit. Nós três (Kai, Timoteo e Taemin) passamos muito tempo como trainees na SM Entertainment juntos. Chorei enquanto o via no The Unit. Pensei muito no passado enquanto assistia o programa. Ele cantou minha música na frente do Taemin; fiquei emocionado. Nós discutimos muito antes mesmo dele aparecer na transmissão. Agora me sinto orgulhoso de ver Moonkyu (nome de batismo de Timoteo) se saindo tão bem.

 

P: O tempo que se passa junto é sempre assim. Estou curioso sobre o que o EXO, que já está em seu sexto ano, representa para o Kai.
Kai: Toda vez que falo sobre isso, mudo meu pensamento e o significado também muda. No passado, disse muito que os membros eram como uma família pra mim. Atualmente, não tenho nenhuma ideia em particular. É tão natural a esse ponto. Por exemplo, se alguém perguntar: ‘O que é irmã pra você?’, a resposta é vaga, certo? Nós (EXO) chegamos tão longe. (Risos) As pessoas que valem a pena sabem o quanto são preciosas mesmo que – eu – não fale. Nós nos encontramos desse jeito e nos tornamos desse jeito. Suas existências são boas e naturais pra mim.

 

P: Há alguma diferença entre o Kai que as fãs vêem e o Kai da vida real?
Kai: As fãs me mimam. Pra elas, sou fofo, legal, as faço orgulhosas, dou forças e as faço quererem trabalhar duro. Todos esses lados que tenho são bons. Há uma imagem que apenas as fãs conhecem. Obrigado. Esses meus aspectos transparecem por estar confortável e à vontade. Não irei negar isso. Sou fofo, o que fazer? (Risos)

 

P: O que você pensa sobre Kai?
Kai: Ao olhar somente para minha aparência, posso parecer frio ou assustador, mas penso que sou alguém caloroso. Acho que felicidade é importante. Afeição e lealdade também são importantes. Sou uma pessoa que vive e faz o que quer, o que gosta.

 

P: Você usa com frequência a palavra ‘felicidade’. É um aspecto importante (pra você)?
Kai: Tem sido pelos últimos 2 ou 3 anos. Minha personalidade é de fazer as coisas que gosto de forma diligente. Se algo se tornar tedioso, talvez pare de fazer. Sério! Comecei a dançar com 8 anos de idade e já se passaram 15 anos desde então. Vendo que não me cansei disso até agora, me faz crer que nunca irei me cansar da dança.

 

P: É realmente ótimo poder ser capaz de ver Kai por um longo, longo tempo. Vamos listar as coisas que você quer fazer no futuro.
Kai: 1) Como um cantor, gostaria de poder mostrar vários lados meus. Como solista também. 2) Eu quero mostrar mais da minha atuação, agora que comecei oficialmente. 3) Gostaria de mostrar mais do estilo de moda e editoriais que gosto. Eu gosto de usar certas roupas. Apesar de ter vindo com essas roupas hoje… (Olha para as próprias roupas de treino que está vestindo) Não, mesmo isso é da XX (Disse o nome da marca). Muita gente quer coisas dela! Sério! (Risos)

 

P: Qual seu sonho para um futuro distante, 10 anos depois?
Kai: Meu sonho é grande. Não tem um ditado assim? ‘Quando você fala dos seus sonhos e não há pessoas rindo (dos seus sonhos), então não é um grande sonho’. Só quero manter meu sonho pra mim mesmo e não contar a ninguém. Quero revelar as coisas que tenho guardado a partir do próximo ano. Até agora estive só me preparando e no ano que vem irei sinceramente revelá-las. Farei não só as fãs mas também muitas pessoas verem outros lados meus. Não as deixarei escaparem dos meus charmes. (Risos) É uma piada, uma piada, estou brincando.


Trad. ING: choconini_

Trad. PT-BR: Carou @ Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos!

Durante a entrevista, Kai trouxe a palavra “felicidade” trinta e duas vezes.

 

LH: Não muito depois do debut do EXO, vocês fizeram uma entrevista com L’Officiel (LH). Qual é a maior diferença entre o Kai de sete anos atrás e agora?
KAI: Naquela época como cantor, meu desejo de estar no topo era realmente grande. Eu fui guiado por isso, na medida em que dizia aos membros: “Não vamos ser cantores medianos. Vamos ser os melhores”. Também tenho muitos objetivos, ‘tenho que ser esse tipo de cantor, tenho que receber esse tipo de prêmio, tenho que ficar nesse tipo de palco…’ etc. Mas hoje em dia meus valores mudaram. Acho que uma vida feliz é mais importante. Hoje em dia eu digo frequentemente aos membros “Vamos ser felizes.”

 

LH: Houve alguma razão pela qual seus valores mudaram?
KAI: Tendo sido um artista por sete anos, não é possível ter apenas boas coisas. Houveram também tempos difíceis causados por falhas. Houveram também momentos em que pensei no que mais faria se não fosse esse trabalho. Quando fui para os EUA para descansar a minha mente e também para o feriado, por acaso vi algumas pessoas dançando e cantando na praia da Califórnia, Malibu. Eles pareciam muito felizes e olhei para eles por algum tempo. Mas isso, na realidade, era eu. Eu gosto de dançar e cantar, então me tornei um cantor. Naquela época, minha mentalidade mudou. Conforme envelheço um ou dois anos mais velho, acho que percebo com o que eu me sinto feliz.

 

LH: Você se sente feliz por continuar trabalhando?
KAI: Se a empresa me dissesse para fazer algo contra a minha vontade, não acho que seria capaz de fazer isso. Se a empresa me dissesse: “Faça isso!” certamente perguntaria: “Por quê?”. Estou feliz em dançar, cantar e atuar e é por isso que eu os faço. É por isso que hoje sou mais feliz se comparado ao começo. Costumava dizer isso em outras entrevistas, mas se em um futuro distante houver algo que me faça mais feliz do que dançar e cantar, vou parar sem hesitação. Em qualquer caso, isso é o que mais me faz feliz agora.

 

LH: Me desculpe, mas você parece um viciado em trabalho.
KAI: Haha. Não é nessa dimensão. Tenho que descansar como qualquer um. Mas hoje em dia não quero descansar. Além do drama “Miracles That We Met”, que vai estrelar em breve, quero filmar um ou dois dramas, e também depois de muito tempo quero ir para shows de variedades também, realmente gosto de assistir Yoon’s Kitchen.

 

LH: Fazendo tantos trabalhos você ficar estressado. Como você alivia seu estresse?
KAI: Eu não alivio isso. Apenas o reprimo, enquanto me sinto atormentado à noite e não consigo dormir. Tentei consertar esse traço da minha personalidade, mas não funciona. O que fazer, tenho que aproveitar esse tipo de coisa também. Felizmente, eu ficarei bem depois de 2-3 dias.

 

LH: Geralmente homens da sua idade conhecem amigos ou jogam videogames. Como você gasta seu tempo?
KAI: Atualmente eu não tenho muitos amigos. Tem sido assim desde a minha infância já que mudava muito de escola e sou tímido em relação a novas pessoas, gosto do meu tempo sozinho. Em vez de fazer algo, gosto de pensar. Eu só jogo por 30 minutos, não gosto muito disso.

 

LH: Em uma entrevista, você disse que sentiu muita alegria quando descobriu um momento seu que você mesmo não sabia. Então qual é a sua imagem/lado que o público não conhece?
KAI: Existem muitas pessoas que me veem como frio, provavelmente por causa da minha imagem no palco. Na realidade, não é desse jeito. Eu acho que sou gentil, bondoso, sentimental/coração sensível e eu choro muito também. E hmm… tímido também. Como artista, é preciso limpar a mente quando se fala negativamente, mas minha personalidade não é assim.

 

LH: Recentemente, quando foi a vez que você sentiu a maior alegria?
KAI: Quando eu estava em pé no palco. Tenho um lado peculiar onde quanto maior a pressão no palco, maior a alegria que sinto. Embora esteja nervoso, ainda estou feliz. Não muito tempo atrás, nós nos apresentamos na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang. Foi uma apresentação que foi assistida por milhões de pessoas ao redor do mundo. Nós nos sentimos realmente pressionados. Na verdade, na noite anterior, enquanto filmava para o novo anúncio (da LEVI’s), desenvolvi uma fascite plantar, então minha condição corporal era a pior naquele dia, ao ponto de não conseguir andar corretamente, mas cerrei os dentes e dancei. A pressão mental era enorme, mas depois de fazer isso me senti alegre. Foi uma apresentação que lembrarei pro resto da minha vida.

 

LH: Como quer que os fãs lembrem de você num futuro distante?
KAI: Não tem uma forma particular que eu quero ser lembrado. Acho que seria uma honra se eu permanecer na memória de alguém. Espero que o tempo que eles gostaram de mim seja parte de seus momentos mais felizes.

 

LH: Você sabe? Nós realmente dissemos a palavra ‘felicidade’ muito hoje.
KAI: É porque quero trabalhar feliz e viver feliz.

 

LH: Então, como é o photoshoot e a entrevista para a <L’Officiel Homme YK Edition> agora? Você está feliz fazendo isso?
KAI: É claro, gosto de usar roupas bonitas e tirar fotos. Na medida em que imediatamente disse à empresa que queria fazer quando me perguntaram sobre isso. Estou feliz. Hoje em dia e também agora.


Trad. ING: choconini_

Trad. PT-BR: Irie @ Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos!

A escritora de TMTWM revelou que o papel de Ato não é apenas de mensageiro mas também de alguém que tem a aparência de uma divindade, então Kai foi perfeito para o papel não apenas pela sua ótima atuação, mas pela sua aparência de ‘deus’ também.

 

Kai, membro do EXO, grupo popular da Ásia, fez sua primeira aparição num drama japonês na estréia de “Spring Has Come“, produzido pela WOWOW (exibido todos os sábados as 10 hr). O drama mostrou um forte começo com um alto número de espectadores.

 

Baseado num roteiro onde é retratado o período Showa, a pequena história original de Mukoda Kuniko recebe uma repaginada ao se tornar uma versão moderna com Kurashina Kana interpretando uma adulta comum e trabalhadora que encontra um fotógrafo coreano e se apaixona profundamente por ele. A história também descreve a regeneração que ocorre em sua família que é emocionalmente despedaçada.

 

Kai mostra muita presença em seu primeiro drama japonês. Seu aceno somado a apenas um olhar pode atrair qualquer mulher. Também pode-se observar a mudança que ele, como o personagem principal, traz para os outros que o cercam. Outra parte importante deste drama é a expressão de como nós refletimos enquanto interagimos com outras pessoas de diferentes culturas. Com esse tipo de drama fantástico e o fato de que os espectadores podem experimentar um senso de desenvolvimento enquanto assistem, é bem parecido com as demais produções da WOWOW. Parece que você pode esperar muitas coisas boas desse drama também.

 

De acordo com a audiência apurada pela Data News Company de Tóquio, a audiência inicial foi de 3.88, o que é além do esperado para uma alta satisfação de audiência que é de 3.7. Os espectadores ficaram satisfeitos com o desenvolvimento do drama, compartilhando “Eu estava apenas assistindo por acaso mas realmente gostei da história.” (41 anos, espectador homem). “O desenvolvimento inesperado foi interessante.” (50 anos, espectador homem). “A sensação refrescante que me deu é num nível perigoso.” (51 anos, espectadora mulher). Parece que os todos os espectadores querem saber mais sobre esse personagem inovador, com o desejo de saber também o que irá acontecer futuramente.

 

O trabalho de Mukoda esculpe a natureza humana cuidadosamente. Dependendo do tipo de imagem que os espectadores obtiverem assistindo “Spring Has Come”, o modo como eles entendem o trabalho talvez mudará também. Será que isto irá como imaginamos? Ou não? O segundo episódio será exibido no dia 20/01.


Trad. PT-BR: Carou @ Kai Union Brasil

Trad. ING: niniscope
Não retirar sem os créditos.

+324, -5 | Jiwon-san é TÃO atraente, quero assistir o 2º episódio logo
+310, -5 | Kai do EXO, fighting! Eu me tornei mais curiosa sobre o próximo episódio
+299, -5 | A variedade de charmes de Kai transborda… O personagem Lee Jiwon é especialmente sexy!
+294, -5 | O Jiwon-san que Kai representa é totalmente o meu tipo ideal da cabeça aos pés… Eu te amo, Kai
+280, -16 | Jongin-ah~ Sempre irei te apoiar~~

 

– Kai do EXO é tão bonito… Mal posso esperar pelo segundo episódio… Jiwon-san por favor venha para a Coreia ㅠ
– Kai é perfeito só pelo seu rosto… A atração que ele nos faz sentir é tão grande que logo logo não será somente Naoko, mas eu também estarei morta
↳ Eu acho que sei porque ele recebeu esse papel… Tão f*didamente lindo ㅠㅠ
– Kai do EXO que está atuando como Jiwon-san também é muito atraente… Fighting
– A voz dele é tão boa…
– Eu acho que Kai se torna ainda mais bonito quanto mais velho fica
– Kai do EXO tem mostrado tantos charmes ao ponto que é difícil acreditar que ele é a mesma pessoa que interpretou Shikyung em Andante, tão legal! Apenas escutar o nome de Jiwon-san faz meu coração estremecer então não são necessárias maiores explicações
– Me pergunto qual a história por trás de Jiwon-san… Tão curioso… Depois de assistir o episódio 1, quero tanto assistir o episódio 2 que parece que vou morrer kkkk
– Assisti Spring Has Come de forma tão divertida… Nem percebi que uma hora já tinha se passado… Aguardando o segundo episódio!
– Não estou dizendo isso porque o Kai está atuando, mas o drama por si só é divertido e tem uma linda imagem. E todos os atores fizeram um bom trabalho… Espero que se torne ainda mais incrível!
– Ah~~ Tão emocionante!
– Até mesmo na semana passada já estava me antecipando pelo sábado chegar, agora estou pensando que serei capaz de encontrar Jiwon-san todos os sábados e isso mexe comigo… Parece que Kai encontrou um bom projeto e ótimos atores, que trabalham tão duro quanto ele. Me sinto tão feliz, realmente mal posso esperar pelo desenvolvimento da história. Jongin, fighting!
– Pensei que perderia o fôlego enquanto assistia ㅠㅠㅠㅠㅠㅠ Ele é tão doce e suave… As lágrimas apenas ㅠㅠ
– Kai atuando como Jiwon é tão legal e apenas combinou tão bem com ele que consegui permanecer focada por uma hora inteira ㅠㅠ Irei esperar pelo episódio 2
– É tão diferente comparado ao Lee Shikyung de Andante… O Jiwon-san de Kai é tão sexy ㅠㅠㅠ Eu fiquei chocada ㅠㅠㅠ Mas realmente amo o maduro e sexy Kai kkk
– Acho que é um drama onde o Kai ‘atraente’ é exibido de uma forma otimizada kkk a diferença entre o olhar intenso dos palcos e o olhar doce no drama é realmente ㅠㅠ Mesmo assistido fico envergonhada ㅠㅠ
↳ Eu também fico assim
– A cena do banho foi uma cena inesperada e matadora ㅠㅠㅠㅠㅠ
– A atuação dele como Jiwon-san é tão boa ㅠ_ㅠ Não deve ter sido fácil se desafiar indo atuar em japonês/no Japão, mas Kai é realmente incrível… E a qualidade de imagem de Spring Has Come não é brincadeira, há diversão em assistir
– Assisti e me diverti muito mais do que esperava… Mal posso esperar pelo episódio 2
– Os dramas japoneses tem sua própria atmosfera única e emotiva e fiquei chocada em como Kai combinou bem com isso, senti que entendi porque ele foi escolhido para esse papel. Como esperado, é um ótimo drama. Spring Has Come, fighting!
– Spring Has Come foi tão divertido que não percebi o tempo passando enquanto assistia o episódio 1 kkkk Jiwon-san é tão doce e Naoko é tão fofa… Esperando pelo episódio 2
– Jongin-ah, sempre estarei aqui te apoiando
– Eu gosto de como as histórias de dramas japoneses se desenvolvem rápido, além disso a personagem principal é fofa e Kai do EXO é legal
– Não o Kai do EXO, mas ao invés disso quero encontrar rapidamente o Jiwon-san ㅠㅠㅠㅠ
– O personagem de Kai é tão suave e a sua maturidade transborda… Eu te amo
– Kai é REALMENTE atraente…
– Meu coração estremeceu
– Além do corpo bom e do rosto bonito… O que posso dizer do olhar apaixonado de Kai ㅠㅠㅠㅠ Meu coração ficou acelerado enquanto assistir ㅠㅠ Estou tão feliz por Kai poder atuar, apenas honestamente estou feliz ㅠㅠ
– Doido… Sinceramente, tão f*didamente lindo ㅠㅠㅠㅠ Eu amo o Kai do EXO que está atuando ㅠㅠㅠㅠ É o meu refúgio
– Nosso Jongin é tão legal ㅠㅠ Seus abs eram realmente incríveis~~
– Como esperado, Kai é tão atraente
– Eu realmente me diverti assistindo isso. Kurashina Kana é realmente adorável e o olhar de Kai despertou minha paixão, meu coração estava definitivamente acelerado ㅠㅠ
– Wow parece que todas as fantasias foram preenchidas por Kai aqui
– Combinou tão bem com o personagem Jiwon ㅠㅠㅠㅠ Esperando o episódio 2!!!
– A atuação de Kai do EXO foi realmente boa!
– Tinha muita coisa boa rolando no episódio 1, meu coração não aguentou ㅠㅠㅠㅠ
– É um lado diferente de Kai do EXO, um tipo de atração diferente!


Trad. PT-BR: Carou @ Kai Union Brasil
Trad. ING: theMoonDreamer_
Não retirar sem os créditos.

+126, 0 | Achava que seria uma típica história de amor, mas depois de assistir o primeiro episódio penso que não é apenas sobre amor entre um homem e uma mulher, mas também entre os membros de uma família e é geralmente o tipo de história de amor entre pessoas que entra na minha mente. Estou esperando para o próximo episódio!
+ 125, 0 | A atuação de Kai foi boa… Ele tem uma boa voz e seu olhar apaixonado realmente… Apenas tão atraente. Eu quero assistir o segundo episódio e estou antecipando pelos futuros trabalhos de Kai!
+119, 0 | O drama me distraiu tanto… Kai foi escolhido perfeitamente como aquele personagem masculino fatal que irá abalar os corações de toda a família e o ator que interpreta o pai de Naoko é famoso por seu talento na atuação, então foi realmente bom
+115, 0 | Anteriormente já tinha visto a atuação de Kai no facebook e ele se saiu bem (provavelmente se referindo a 7 First Kisses)… Então dessa vez ele fez outro drama… Bem legal
+104, 0 | Eu amo a atuação de Kai

 

– Assisti o primeiro episódio disso e foi tão divertido kkkk Esperando o segundo episódio
– O olhar de Kai… O tipo de olhar apaixonado
– Kai combina muito bem e a atmosfera era boa
– Spring Has Come é tranquilo e você tem como sentir aquela atmosfera emocionante de dramas japoneses? Atmosfera?! De qualquer forma, foi bom
– Em Andante, Kai foi tão real como um estudante do colegial, mas de repente ele é um doce fotógrafo em Spring Has Come ㅠㅠ São mundos diferentes mas Kai se adequou muito bem em ambos
– Kai fica tão atraente quando sorri
– Oh, ele é personagem principal num drama japonês? Isso é incrível
– Vi o episódio 1 e penso que esse drama aquece o coração… Estou curiosa sobre como os dois personagens principais irão se influenciar… Mal posso esperar!!
– Já faz um tempo que não assisto algum drama japonês e é claro que são famosos pela direção de fotografia e gosto que é um drama caloroso, parecido com a primavera
– O olhar de Kai não poderia ter sido mais caloroso do que isso, então fiquei envergonhada enquanto assistia percebendo o quão rápido meu coração estava batendo… Sua atuação estável também é muito boa
– Usar um estrangeiro como personagem principal não é algo fácil para eles, então acho que toda a equipe e atores do drama foram incríveis. Especialmente pra Kai, apesar do personagem ser coreano, tenho certeza que ele teve de trabalhar duro por conta do japonês e isso é incrível
– É claro que a atuação e abs de Kai estavam maravilhosos… Mas enquanto assistia realmente pude me identificar com a solidão da pessoa e também com as responsabilidades financeiras. Vai além de um drama sobre romance e acho que será um drama caloroso. Estou me antecipando pelo próximo episódio
– Em Spring Has Come, Kai interpreta alguém gentil e caloroso mas seu olhar transborda doçura toda vez que encara a câmera e isso me deixa doida ㅠㅠ
– Então os charmes de Kai são entregues bem até mesmo no Japão. Ele até se tornou um personagem principal num j-drama kkk
– Agora no Japão há um grande tumulto sobre quão fofo o japonês de Kai é ㅠㅠ
– Kai tem uma voz de tom grave que é realmente confortável de se escutar e um olhar solene com uma sensação natural, acho que ele não perde para nenhum ator nesse quesito. O olhar que fez Naoko se sentir dependente dele, o olhar que ganhou a confiança da família de Naoko, o olhar que confronta sua própria agonia quando sozinho, tudo foi excelente
– Estou realmente ansiosa pois isso não parece ser um típico drama romântico. A reação de Naoko ao Jiwon-san é bem parecida com a minha, então é meio fofo kk A atuação de Kai é bem estável e ele se saiu bem
– Geralmente amo j-dramas então assisti e fiquei surpresa em ver Kai nele… Mas por ele ser tão bonito me senti muito bem kkkk
– Pensei que seria só uma história de amor então assisti, mas acabei me entretendo kkkk O olhar de Kai era realmente bom ㅠㅠ É a primeira vez que descubro que Kai pode atuar, ele realmente se saiu bem kk
– A coisa é, o personagem principal precisa ser alguém que pode conquistar toda a família da namorada também e o fato de Kai ser aquele que interpreta exatamente esse personagem combinou muito bem… O desenvolvimento da história parece ter sido rápido demais, mas por conta do personagem principal ser Kai, é tão “bem, isso é totalmente possível”… Algo assim?!
– Pessoalmente, posso me identificar muito com Naoko… Você está vivendo, mas não tem opções além de continuar vivendo… Recentemente tenho me sentido muito assim… Assisti o episódio 1 muito bem e estou me antecipando pelo episódio 2
– Como mencionaram neste artigo, a voz dele é tão boa de se ouvir
– Assisti por acaso e o olhar de Kai… Tão doce… Eu preciso assistir o episódio 2
– Tão estremecida pela diferença de altura entre Jiwon-san e Naoko
– Foi por acaso que assisti o drama… Kai estava tão lindo! E ele pode atuar… Estou me antecipando por mais trabalhos dele no futuro

—————————————————————————————————————————————
Trad. PT-BR: Carou @ Kai Union Brasil
Trad. ING: theMoonDreamer_
Não retirar sem os créditos.

 

Close Up
KAI [EXO]

 

Kai, que atrai pessoas com sua dança dinâmica e flexível, aceita um novo desafio aparecendo em um drama japonês baseado na obra original de Mukoda Kuniko.

 

“A família são pessoas confiáveis que me fazem sentir à vontade.”

 

Nós perguntamos ao Kai sobre alguns acontecimentos no set de gravação.

 

P: Que coisas que você sempre trazia para o set de “Spring Has Come”?
R: Minha mochila, proteína e um laptop para estudar japonês.

 

P: Nos conte sobre algumas memórias boas com seus colegas de cena!
R: A maioria deles lembrou de algumas palavras em coreano para falar comigo, então eu fiquei muito feliz. Mas, eu queria melhor meu japonês, então pedi para eles “Por favor, não estudem tanto coreano~” (risos).

 

P: Algo que você vivenciou pela primeira vez nessa vinda ao Japão?
R: O fato de que eu saí para a rua de noite e tentei me lembrar de minhas linhas.

 

P: Frases em japonês que você geralmente usa no set?
R: “Esse é para a filmagem final?”, “Está chovendo?” e “Uma bicicleta está vindo~”. São coisas que os staffs falavam frequentemente, então eu comecei a imitá-los e falar isso frequentemente também.

 

“Quando eu li o script, apesar de ainda estar no avião, me afoguei em lágrimas.”

 

Kai irá estrelar em ‘Spring Has Come‘, no qual o tema é a ressurreição de uma família.

 

“Quando eu li o script pela primeira vez, me afoguei em lágrimas mesmo estando no avião. Jiwon, o meu personagem, é um homem novo com um coração cheio de cicatrizes. Ele é frequentemente alegre, mas tem um momento em que você consegue perceber sua solidão. Quando a história progride, a razão vai ficando cada vez mais clara, mas enquanto gravava as cenas para a cena final, as emoções chegaram do nada como “uwaaah~”. Já faz um tempo desde que eu passei por um trabalho tão doloroso mas ao mesmo tempo tão emocionante.”

 

Jiwon, um “misterioso jovem”, do qual a história e as intenções não são claras. Atuando como uma pessoa dessas, com certeza tem seus próprios sentimentos.

 

“Os sentimentos emocionantes que ele tem quando está interagindo com a família da personagem principal (Naoko) e a dor afiada de quando ele pensa em sua própria família. Eu tentei reproduzir todas as emoções que tive enquanto lia o script, como elas realmente são.”

 

P: Saltar para um ambiente de elenco e equipe, ambos japoneses, por si só traz muitas dificuldades?
R: Normalmente, eu não sou realmente muito sociável, mas não queria que houvesse distância entre nós, então eu assumi a liderança e puxei conversas com eles.

 

Entre as cenas, ele estudava intensamente o japonês. Por isso, ele diz que sua leitura e escrita de hiragana foi aperfeiçoada.

 

“Eu queria ler hiragana, então fui pra cidade uma vez, mas a maioria das coisas estava escrito em katakana ou kanji (risos). Foi lamentável. Porque eu acho que estudar japonês é muito divertido, ainda estou trabalhando duro nisso agora. Meu nível? Talvez como uma criança de 6 anos… Estou me gabando? Vamos apenas falar que eu estou melhorando rápido (risos).”

 

Até mesmo na Coréia, Kai é conhecido por seu amor pela família. Ele diz que família são pessoas “confiáveis e que aqueles que o fazem se sentir à vontade quando estão juntos”.

 

“Eu não tive a oportunidade de vê-los recentemente e também tenho negligenciado em manter contato com eles, mas… Me tornei um trainee quando era muito jovem, então não tinha muitos amigos e nem tempo para brincar. Em momentos assim, quem ficava ao meu lado era a minha família. Quando as coisas ficam difíceis, ganho forças por pensar na minha família. Eles são a razão para que eu continue trabalhando duro.”

 

P: No drama, quando Jiwon pensa em sua mãe, ele se lembra dela preparando peixe-espada cozido (no molho de soja). Qual comida de sua mãe você, Kai, mais gosta?
R: Eu gosto dos bolinhos de arroz (tteok) e frango frito picante (dak-galbi) dela. Minha mãe diz que seu dak-galbi é sua especialidade.

 

Parece que tem vezes que ele sente tanta falta da comida de sua mãe, que às vezes sai do seu caminho apenas para ir para casa apenas para isso.
“Vou pedir um prato que gostava naquela época, mas às vezes provo algo diferente do que eu lembro e penso “hein…?” e acabo um pouco desapontado (risos). Claro, o prato sempre é delicioso, independentemente disso.”

 

Enquanto isso, o que compõe o vínculo entre Kai e seu pai são vídeos de sua infância.

 

“Quando eu era mais jovem, meu pai sempre me filmava quando estava dançando. Nós ainda temos muitos deles. Os vídeos são os meus tesouros. É embaraçoso assistir sozinho, mas vamos vê-los juntos como uma família.”

 

Por favor, sinta-se à vontade para liberá-los para o mundo!
“Ahaha. Existem alguns deles no escritório também, mas eles me dizem que ‘são uma arma secreta’ e não me deixam liberá-los para o público. Por favor, aguardem até que seja a hora certa.”

 

P: Por fim, qual é a imagem ideal de uma família para o Kai?
R: Honestamente, eu realmente não sei. Mesmo que tenham tipos diferentes de família, se todo mundo estiver confortável, então eu acho que é uma boa família.


Trad. PT-BR: Reila @ Kai Union Brasil

Trad. ING: niniscope
Não retirar sem os créditos.

No meio da grande rede de internet, ser caracterizado como guardião da livre expressão significa que sua liberdade pode ser posta em risco. Apesar do envolvimento de autoridades governamentais na tentativa de domar sua liberdade, a internet continua promovendo a conectividade entre as pessoas ao redor do globo a cada segundo e parece que somos capazes que encontrar incontáveis informações sobre tudo e qualquer coisa. Dentre eles estão pedaços fascinantes de conteúdo sobre a música pop coreana, kpop: uma cultura que está incrementando conscientemente o fascínio global contando com fãs obcecadas ou leais e vagarosamente indo de encontro ao mainstream da cultura pop americana. Ao nos aproximarmos do sexto ano de aniversário do hit virtal “Gangnam Style“, o kpop tem sido beneficiado por sua popularidade, mas mais do que nunca, Psy se beneficiou do tipo único de apresentação, já que o kpop por si só tem um estilo de apresentação musical diferenciado. Alguns podem não perceber, mas ao analisar grupos e suas vendas de discos, é possível notar o crescimento rápido do kpop internacionalmente e isso se baseia no que as pessoas falam sobre isso, na América e na internet. Entretanto, a música por si só pode não ser o elemento, nem tampouco o gênero. Excluindo o componente linguístico (coreano), das boybands aos grupos de rap, o kpop soa meticulosamente americano. O que mais além disso? A atenção da grande maioria para ênfase nos visuais, conceitos de clipes, senso de moda notável e coreografia inevitavelmente contribuíram para a caracterização do kpop.

 

Isso foi um gancho para um grupo de kpop que dominou a internet e fascinou mais de 100 milhões de pessoas no YouTube – um passo de dança se tornou um desafio interativo de pessoas fazendo uma certa coreografia e compartilhando seus vídeos em plataformas de redes sociais. Pessoas estavam fazendo parte do “Ko Ko Bop Challenge“, do EXO. Um dos maiores grupos masculinos de kpop da Coreia, EXO debutou em 2012, agora consiste em nove membros cativando os fãs na América do Norte. De shows esgotados no Tokyo Dome e Gocheok Sky Dome a terem seus rostos nos prédios da Times Square, em anúncios encomendados por seus próprios fãs e até mesmo conseguiram mais likes nas redes sociais do que Drake ou Justin Bieber, o grupo está respectivamente liderando o cenário do kpop.

 

Kai, nascido como Kim Jongin, o dançarino principal e inquestionavelmente o dançarino mais afiado, que está constantemente na frente – em primeiro plano nas performances do grupo -, fala comigo durante uma sessão editorial. Vestido com um casaco xadrez e jeans rasgado, ele entra no estúdio, correndo direto para o cachorro do escritório. “E aí?”, ele exclama animado, enquanto apertamos as mãos. A pessoa entusiasmada passa pela arara de roupas e expressa seu grande interesse em moda. “Mesmo que eu sempre use roupas parecidas, estou muito interessado nessas. Mas normalmente gosto de me vestir com coisas básicas e passar uma mensagem através disso.” ele admite. Enquanto se aprontava no set, ele escolheu peças nas quais ficasse confortável usando, o que me deu um senso de assertividade sobre como ele quer ser retratado em diferentes ocasiões. O homem sabe o que ele quer.

 

Com toda sua boa aparência arrasadora e modéstia que nos desarma, nós falamos sobre a relevância do kpop e seus empreendimentos pessoais fora do EXO. “Para ser honesto, eu sempre quis ser um artista. E desde o começo do meu debut como um artista, sempre tive um coração simples e genuíno em relação ao meu trabalho.”, palavras que claramente aceleraram o seu caminho até a fama que é apenas somados ao seu talento natural, ao invés de uma carreira vergonhosa. Kai pensa em um futuro brilhante para o kpop, o que ele também considera a base dessa entrevista. Enquanto dançava no set, Kai demonstrava um pouco de ballet – uma dança que ele originalmente aprendeu quando estava no terceiro ano da escola primária e sempre a incorpora nas suas performances solo. “Eu sempre amei dançar. Contudo, nem ao menos tento escolher um (cantar) sobre o outro (dançar). E agora também estou me aventurando em atuar. Acho que tudo isso é uma forma de expressar algo. E eu tento fazer tudo isso com paixão, diligência e devoção.”.

 

A atenção aos detalhes expressadas nas palavras de Kai brilha através de suas performances anteriores. Mas eu continuo acreditando fortemente que dança deve estar no topo de suas prioridades – é quase como uma tarefa não autônoma. “Dança não foi algo que eu escolhi. Naturalmente a dança estava lá, nas minhas primeiras memórias. Em vez de dizer que o movimento e a dança me deixam feliz, quero dizer que minhas primeiras memórias eram de dança.” – uma honesta confirmação. 

 

No caso em questão, o grande sucesso e reconhecimento global foram construídos pelo artista para si próprio e também com o EXO, onde demonstra uma apresentação diferente. Mas fora disso tudo, Kai retrata um encanto incomparável cuja genuinidade e simplicidade até trouxe o tema “sono”. “Às vezes viajo de férias, mas geralmente prefiro apenas descansar. Eu costumo encontrar amigos ou relaxar em casa. Ultimamente nem durmo muito. Até mesmo o tempo para dormir é muito precioso para ter que desperdiçar assim.” A natureza esperançosa de Kai apenas o traz para o próximo compromisso do dia.


Trad. PT-BR: Bekka @ Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos.