kaiunionbrasil.com / fanbase brasileira dedicada a kim jongin


É um dia quente de julho em Seul, e o ar está ‘pesado’ por uma chuva que ainda não caiu. Porém os passos de concreto que levam ao World Cup Stadium estão calorosos devido aos rapazes e moças com jaquetas de baseball pretas armados com capas de chuva e posters, caixinhas de papel com frango agridoce frito e picles em conserva. É a sexta edição do SMTOWN Live, um concerto de verão feito pela SM Entertainment para mostrar a lista impressionante de idols ícones do kpop que fazem parte da empresa como BoA, Yunho do TVXQ, Girls’ Generation e SHINee. Entretanto, o ‘evento principal’ sem dúvida alguma é o EXO, os reis que imperam o kpop, que estão ali para encerrar um capítulo de sua carreira e iniciar o próximo com um novo álbum e visual que combine.

Chamá-los de reis pode ser controverso. Isso incita fandoms rivais (o novo álbum do grupo se chama ‘The War’), e internacionalmente essa designação está aberta a debate. Mas na Coreia; onde está o ‘coração’ dos fandoms de kpop, o grupo de nove membros continua no topo. No último ano eles ganharam 5 daesangs (o maior prêmio musical do mercado coreano, que grosseiramente equivale a artista do ano), e um deles foi ganhado pela quarta vez consecutiva. O grupo celebrou seu quinto ano de existência em abril, com uma transmissão ao vivo para quase 80 mil pessoas em menos de dois minutos. No mês seguinte (maio), eles se apresentaram por duas noites no Estádio Olímpico de Seul, onde os assentos somam 70 mil pessoas. Este estádio é o maior do país e apenas 4 grupos de kpop, incluindo EXO, se apresentaram lá. Ambos os dias de show esgotaram em menos de 30 (não especificaram minutos ou segundos).

Durante anos o status de EXO permaneceu incontestável, mas é difícil para qualquer um que está no topo se manter ali. EXO também tem dificuldades com a percepção de que são perfeitos demais; um grupo pop manufaturado sem muita personalidade. Os grupos masculinos também tem de lidar com o alistamento militar obrigatório, que efetivamente obriga uma pausa de dois anos em suas carreiras e que é difícil retornar dela. Há uma razão particular para esse comeback ser tão crucial para EXO e porque eles decidiram mudar drasticamente o rumo das coisas. ‘Ko Ko Bop’, o single do álbum The War tem uma estética completamente oposta ao single de verão anterior do grupo, ‘Monster’. Musicalmente, ela combina EDM e reggae. Uma canção que mergulha no clima do verão com uma vibe tropical distinta e a mudança afiada no visual do grupo é revelada através das roupas.



O conceito utilizado no início do MV mostra ‘The Talented Mr. Ripley’, especificamente o rico e descontente Dickie Greenleaf, interpretado por Jude Law ainda jovem, enquanto descansava na costa italiana. ‘Ko Ko Bop’ retrata os oito cantores (Lay, o único membro chinês restante não pode participar do álbum devido sua agenda) numa versão mais jovem e repaginada de Dickie. Sehun usou uma camiseta havaiana da Saint Laurent, coleção de primavera de 2017, cercado por um estilo retro pop com pranchas de surfe e um station wagons; seu cabelo foi pintado e o penteado curto e ‘espetado’ para lembrar uma ave-do-paraíso. Chanyeol tem a cor do cabelo de um ‘soco tropical’ e usou uma camiseta branca com estampa de flores em aquarela da Céline sobreposta a uma camiseta da Saint Laurent. Baekhyun aparece usando Valentino, um blazer estampado e um mullet avermelhado. Camisetas com estampas de palmeiras em cores diferentes da All Saints também estão presentes em quase todos os membros, ‘jogadas’ de maneira que transmitam o conceito, uma vibe meio ‘viagem’ (um pouco estranho, considerando a cultura anti-drogas coreana). Dito isso, EXO continua em sua tradição de empurrar aos poucos as barreiras do estilo masculino de idols de kpop.

O grupo começou a ser notado por seu estilo peculiar dois anos atrás, com a música ‘Call Me Baby’. Antes disso, eles geralmente se vestiam com ternos iguais ou blusas escolhidas das araras da Boon the Shop ou outras boutiques locais, dando ênfase na homogeneidade da aparência do grupo. Mas em 2015 eles encontraram a solução para trazer personalidade a cada membro ao procurar alfaiates que fizessem o que eles iriam usar em todas as gravações. Mais importante do que isso, eles começaram a procurar designers que estrelas do kpop não estivessem usando na época. Antigamente, quando cantores usavam itens de moda geralmente eram associados a grandes nomes como Saint Laurent, Louis Vuitton. Porém EXO buscou marcas que as pessoas adorassem: Raf Simons, Dries Van Noten e Helmut Land. Estes eram misturados com peças de designers coreanos, incluindo ternos personalizados da Heich Es Heich e eventualmente itens pessoais do closet de cada um; algo inesperado. Grupos de kpop, incluindo EXO, são conhecidos por assumirem/deixarem novas identidades (estilos) a cada novo álbum. Deixar que seu gosto pessoal transpareça, mesmo que um pouco, parece como uma mudança.

É uma mistura que tem influenciado o restante da indústria e reflete na ênfase do estilo individual: algo que ainda está crescendo no país. Isso foi refletido na turnê mundial The EXO’rDIUM, onde as fotos da matéria foram tiradas. Abaixo, cada um reflete a evolução do estilo do grupo ao seu modo. Kai prefere peças simples da A.P.C.; D.O. prefere um visual todo preto e prático de marcas de origem norte-americana. Chanyeol é apaixonado pelo estilo de rua — Vetements, Balenciaga, Supreme, Gosha — e recentemente confessou que costuma deixar as etiquetas em suas roupas por um mês, incapaz de tirá-las. Momentos assim são emocionantes; eles parecem íntimos e autênticos, um modo real de se expressar através da moda. Não há maneira melhor de começar novamente.


Kai
Quem mudou mais o estilo? Eu acho que todos nós mudamos muito. No meu caso, pessoalmente amo roupas, acho que meu estilo mudou para se adequar a minha idade conforme o tempo passa.
Qual o MV que tem o seu visual favorito? Eu amei o que nós vestimos no MV de ‘Call Me Baby’.


Trad. PT-BR: Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *