kaiunionbrasil.com / fanbase brasileira dedicada a kim jongin

Kai do EXO: “Escolheu a SM ao invés do ballet há 12 anos atrás”.

A conexão do EXO com o Sports Seoul que patrocina o Seoul Music Awards é profunda. Eles ganharam um prêmio de rookie do ano em 2013 na 22ª Edição da premiação, esta que fora sua primeira vez (no Seoul Music Awards) depois do debut em 2012. E receberam um Bongsang, um prêmio de álbum digital e um Daesang na 23ª Edição, em 2014. Também receberam outro Bongsang, um prêmio de popularidade pela iQiyi e um Daesang (consecutivamente) em 2015. Em 2016, receberam um Bongsang, um Daesang e um prêmio especial pela onda Hallyu. Além disso, receberam a honra de ter uma ‘Triple Crown’ por receberem Daesang por três anos consecutivos. EXO se tornou um time que atingiu o milagre de ‘três vitórias consecutivas em Daesangs” pela primeira vez na história da 25ª Edição do Seoul Music Awards.

Kai especialmente se tornou um assunto principal ao derramar lágrimas enquanto dava um discurso de agradecimento no 25º Seoul Music Awards, que ocorreu em seu aniversário (14 de janeiro).

Você revelou que “Se sentiu feliz por receber um prêmio tão bom em seu aniversário” e chorou no Seoul Music Awards de 2016.

“Todos os prêmios Daesangs de premiações musicais são preciosos, mas o troféu de Daesang que recebemos no último ano em janeiro no Seoul Music Awards que ocorreu no meu aniversário é escolhido como o melhor presente que já recebi na minha vida. Sei que não é fácil ganhar um Daesang por três anos consecutivos. Eu senti que nossos fãs nos apoiaram tanto, e aquele prêmio pareceu como um presente de aniversário. Então lembro de ter trabalhado ainda mais duro para nossa performance (após receber o prêmio).

A razão por ter chorado enquanto dava o discurso naquele dia? Honestamente, as atividades de 2015 não foram realmente fáceis, particularmente falando. Começando por janeiro, nós trabalhamos duro filmando um MV e eu pessoalmente tive uma crise existencial. Então me confortei e acalmei meu coração olhando outras pessoas sonhando em se tornar cantores e dizendo a mim mesmo: “Vamos trabalhar duro. Vamos ser felizes”. Eu passei o meu ano assim, mas por termos encerrado o ano bem que ganhamos aquele prêmio. Prêmios sempre possuem significado, mas aquele prêmio (especialmente) pareceu precioso naquele momento.”

Esse é o segundo ano do galo que Kai enfrenta desde que nasceu. Kai disse que lembra como não foi passar em sua primeira audição (em 2005) de sua companhia atual, SM Entertainment, e teve uma ferida em seu coração a 12 anos atrás, no último ano do galo. Mas nestes 12 anos, ele está no topo como membro de um grupo ídolo e inspirado para novos desafios. Kai, que é escolhido como alguém que está no melhor nível de dança entre os ídolos da nação, expressou sua esperança no desejo de ter a palavra “(o) melhor” agarrado junto a seu nome no ano do galo que retorna após 12 anos.

Se você olhar ao seu redor, há alguma celebridade que seja do ano do galo que seja próxima a você?

“A celebridade que nasceu no ano do galo que sou próximo é o Taemin do SHINee. Não há muitas celebridades do ano do galo que seja próximo, então eu realmente não sei, mas há características comuns entre Taemin e eu. Nós perdemos nossos pertences com facilidade e somos atrapalhados. (Risos) Nossa tendência em se focar em (apenas) uma tarefa por vez também é similar.”

Planos de atividades e aspirações para 2017, o ano do galo.

“Eu realmente vou fazer muitas coisas. Eu quero fazer muitas coisas! E acho que eu preciso trabalhar muito. Claro que tenho que dançar e cantar diligentemente, mas se me derem uma tarefa desafiadora eu também quero dar o meu melhor. Pessoalmente, quero gravar vários vídeos meus dançando e mostrar aos fãs em vários canais/plataformas. Também gostaria de fazer várias atividades em grupo com o EXO.”

Algo que você quer escutar no final de 2017.

“Mais do que algo que quero escutar, há algo que quero dizer. Como disse anteriormente, quando alguém me pergunta como o ano de 2016 foi, acabo dizendo “lamentável”. Quando 2017 acabar, eu gostaria de poder dizer numa entrevista que: ‘foi um ano produtivo, estava feliz’.

Você recentemente filmou o webdrama ‘7 Primeiros Beijos’. (Você tem) Alguma ambição/interesse particular na atuação?

“Eu apenas filmei alguns episódios de web dramas até agora, então eu não acho que estou no nível de dizer nada orgulhosamente sobre atuar/ser um ator. Acho que estou no ponto de gradativamente perceber o encanto (de atuar). Eu tenho vivido constantemente sabendo (apenas como) dançar e cantar, mas me foi dado a não-tão-fácil tarefa desafiadora de atuar. Mas estou gradualmente caindo por pelos encantos da atuação. Eu sou muito inexperiente e ainda estou aprendendo muito, e mesmo que ainda haja muito o que aprender de agora em diante, é muito divertido e acho que sei porquê atores amam atuar. Ainda me carece experiência, mas as memórias felizes que sinto enquanto filmo estão crescendo. É sempre melhor ter algo divertido quando se está fazendo algo, então acho que atuar também irá me fazer feliz como dançar e cantar fazem.”

O que você fez no ano do galo de 2005, 12 anos atrás?

“2005, eu estava no 6º ano. Eu fiz ballet desde que tinha 8 anos e pensei em me especializar nisso no ensino secundário. Diferente de mim, meu pai me disse para fazer uma audição para SM Entertainment. De todos os dias, a audição da SM se sobrepôs a minha entrevista com o ensino secundário (estou assumindo a entrada ou para discutir a carreira no ballet). Em frente a uma encruzilhada de decisões, decidi ‘então terei de fazer ballet.’ Mas meu pai disse ‘se você passar nas audições da SM, vou te comprar um Nintendo’. Então fechei meu sonho de ir para o ensino secundário com ballet e fiz a audição para SM. Eu falhei/fui eliminado daquela vez. (Risos)

Mesmo sendo jovem, eu tive o sentimento de que falhei com minha vida toda de uma vez. Eu pensei, ‘Por enquanto, vamos fazer ballet e preparação para ser idol juntos’ e me preparei para o ballet e para a audição (da SM) do ano seguinte. Eu lembro de assistir vários vídeos do Rain e do Michael Jackson. Foi em 2007, no meu segundo ano do ensino secundário, quando fui contactado pela SM. Naquela ocasião fui para SM nem mesmo como trainee, mas como um aprendiz, o que é um nível abaixo de trainee. (Risos)”

É interessante que seu pai te apoiou/incentivou de todo o coração (para a audição).

“O sonho original de meu pai era em artes, mas ele disse que não pode realizá-lo, pois sua família era contra. Então ele me deixou fazer tudo o que eu quisesse fazer. Desde pequeno, eu ia a todo o hagwon de arte e música (academias particulares para aprendizagem de matérias especializadas além da escola). A área que eu mais tinha interesse era dança. Então comecei ballet quando tinha 8 anos, venci o primeiro lugar em uma competição nacional (e fez bastante diferença).

Fazer as audições da SM também não foi porque eu desejava fazer, mas porque meu pai preparou isso para mim. Ele filmou todos meus vídeos de dança com uma filmadora desde que eu tinha 8 anos de idade e ele tornou a audição possível para mim ao mandar esses vídeos para a SM. Houve crises quando eu falhei naquela audição da SM, mas meu pai disse que acreditava em mim. Hoje em dia, quando eu o vejo, ele irá me dizer ‘Eu sabia que você faria bem/teria sucesso. Mesmo olhando isso de uma perspectiva externa (sem favoritismo por ser pai de Kai), você se saiu muito bem quando era menor.”

Se imagine daqui a 12 anos.

“Honestamente, eu não consigo imaginar (como será) daqui a 12 anos. Não é algo que eu pense com muita frequência. Primeiro, eu continuarei dançando até não consiga mais sentir prazer com isso. É divertido, então não é fácil parar pra pensar em parar de dançar. Provavelmente vou estar dançando mesmo quando tiver 36 anos. Ou talvez eu esteja trabalhando com algo relacionado (a dança). Um desejo pessoal? Quando eu fizer 36 anos, quero ouvir que sou o “melhor” em qualquer área que estiver. Claro, manter isso não será fácil, mas não quer deixar isso ir. Pelo menos, eu gostaria de ser chamado de ‘Kai é o melhor dançarino de nosso país’ daqui a 12 anos.”


Fonte: Naver
Trad. ING: ctrIbeat
Trad. PT-BR: Carou e Bekka @ Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *