kaiunionbrasil.com / fanbase brasileira dedicada a kim jongin

P: Kai, suas danças solo nos shows do EXO são sempre pontos altos… O que se passa pela sua cabeça no meio da performance? Você consegue ouvir a audiência ou apenas a música?
Kai: Cada vez é realmente diferente. Quando eu tenho que mostrar emoções detalhadas durante um solo, eu coloco fones de ouvido e os ponho no volume máximo com a pretensão de me focar apenas na música e em nada mais, então eu posso me afundar completamente (na música). Entretanto, durante performances em grupo eu gosto de me divertir e comunicar com os membros e com os fãs, eu escuto a multidão e sinto o momento. Poucas coisas correm pela minha cabeça quando eu estou atualmente performando! A maioria dos pensamentos acontecem quando estou elaborando e praticando a coreografia e é assim que eu penso sobre o flow médio e as emoções, os pontos chaves para cada movimento, e como apresentá-los.

P: Então é mais básico e emocional dessa forma, estando tão focado e conectado com o seu corpo?
Kai: Eu simplesmente me deixo levar pela emoção, atmosfera e música. Assim como uma canção, a coreografia também tem uma história e eu acredito que a audiência se conecta com a performance quando tudo vem junto como um só. Eu acho, similarmente, eu não sinto nada especial ou emoção particular no ponto mais alto da performance, eu tento manter a emoção ao longo dela. Mas eu fico satisfeito e feliz quando eu entrego a história que quero contar.



Créditos: Dazed Magazine
Via: EXO_FANBASE
Tradução PT-BR: Nikolas @ Kai Union Brasil
Não retirar sem os créditos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *